Quando não te vejo

Quando não te vejo
Sinto um mal-estar
Muito intenso…
Tão intenso que até meu peito arde
Meu coração se consome…
E meu rosto se afoga em lágrimas
Vejo-me nadar nas ondas da maldade

Queria eu
Deixar de sentir,
Gostar…
Amar…
Viver com esse ardor
Essa ansiedade atroz
De querer-te e desejar-te
Mais tu vives nos meus sonhos
No meu pensar
Nos meus momentos

Já parei…
Eu juro que parei de chorar
Mais as lágrimas
Não param de rolar
E caem á trovão
Roubando minha emoção

Quando não te vejo
Sinto meu coração
Inchar dentro de mim
Capaz de explodir
Enquanto a saudade
Massacra meu pensamento
Sem piedade
Apoderou-se de vez
Dos meus sentimentos

Aí, aí, aí
Essa dor, embora momentânea
É bastante feroz
Fere minh’alma
Destrói minha confiança

Queria tanto, meu amor
Puder contigo estar
Todos os dias…
A cada instante
Para matar essas saudades
Presas no meu ser

Por Domingas Monte
 

3 comments on “Quando não te vejo

  1. akaizn
    10 de Maio de 2013 at 17:32 #

    5 em 5

  2. Sebloy samuel
    14 de Maio de 2013 at 23:15 #

    Nguiangalele ha mpangui yame muna mambu makulo lukomene muamu facebook.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: