Dupla frustração

Não sei o que fazer
Em quem pensar
Se em ti ou em mim
Não sei, não sei

Penso em ti e me frustro
Por estares à milhas
Por fazeres parte do proibido
Daquilo que não posso alcançar
Daquilo que nem sequer posso atingir

Tento atingir-te e me frustro
Por não conseguir
Conjugar o meu pensamento
Ao seu amor
Minhas expetativas
Minhas perspetivas
Tornaram-se de má memória
Tornaram-se tristes e sombrias

Penso em mim e me frustro
Porque ainda te tenho
Ainda te carrego
Ainda te suporto
Na minha mente
No meu coração
Na minha alma

Eu não sei
O que fazer
Nem o que pensar
Tento não pensar
Mas não consigo
Tento nem imaginar
Mas não consigo
O proibido
O inatingível
Me assaltam a todo momento 

Por Domingas Monte

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: