O GATO E O RATO

Era uma vez um gato que era amigo de um rato. Um dia, decidiram fazer uma viagem até ao lago Tanganica.

Quando lá chegaram, o gato exclamou admirado:

– Tanta água! Como é que vamos conseguir atravessar o lago?

– Não te preocupes – sossegou-o o rato. – Podemos construir um barco.

– Mas como?

– É fácil. Vês além aquelas mandiocas? As raízes são óptimas para barcos.

Construíram um barco com a raiz de mandioca. Quando ficou pronto, empurram-no para água e saltaram para dentro dele. A dada altura, sentiram fome.

– Tenho tanta fome – queixou-se o gato. – O que havemos de comer?

– Não te preocupes. O próprio barco vai alimentar-nos – respondeu o rato.

E de imediato começou a roer a raiz. Tanto roeu que fez um buraco e a água começou a entrar.

– Vamos afogar-nos! Gritou o gato em pânico.

– Não estamos longe da margem – respondeu-lhe o rato.

– Nada até lá.

O gato tinha medo da água, mas juntou todas as suas forças e conseguiu chegar à margem do lago. O rato estava gordinho e bem-disposto, enquanto o gato estava magro e com mau aspecto.

– Não aguento mais – disse o gato. – Vou comer-te.

– Espera – retorquiu o rato. – Não queres comer-me todo sujo, pois não? Vou lavar-me ali no rio e volto já.

O gato concordou. O rato foi-se embora e nunca mais voltou.

Equipa Mwelo Weto, recolha da tradição oral angolana. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: