Viriato da Cruz distinguido com o Prémio Nacional de Cultura e Artes

Considerado um dos mais importantes impulsionadores de uma poesia regionalista angolana nas décadas de 40 e 50, Viriato da Cruz nasceu em Kikuvo, Porto Amboim em 1928. Fez os estudos liceais em Luanda.

Viriato da Cruz caracterizou-se na sua obra pelo apego aos valores africanos, quer quanto à temática, quer quanto à forma.

Foi um principais mentores do Movimento dos Novos Intelectuais de Angola (1948) e da revista Mensagem (1951-1952).

A atribuição do prémio a título póstumo, de acordo com a acta lavrada pelo júri, deve-se ao facto de o escritor ser um digno representante da cultura nacional que exalta com profundidade a identidade e os valores da angolanidade e manifesta a esperança de se reviverem os hábitos e costumes locais num processo apaixonado para a valorização da cultura e da nação angolana.

O Prémio Nacional de Cultura e Artes é atribuído nas categorias de literatura, artes plásticas, dança, música, teatro, cinema e audiovisuais, investigação em ciências humanas e sociais, festividades culturais populares e jornalismo cultural.

O Prémio Nacional de Cultura e Artes é a mais importante distinção do Estado Angolano neste sector, tendo como principal objectivo incentivar a criação artística e cultural, bem como a investigação científica no domínio das ciências humanas e sociais.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: