Categoria: Literatura

O KUDURO E A MODA

Por: Rosa Camolaquenda Kuduro, o ritmo dançante que envolve Angola e arredores num clima de muito espetáculo e factos curiosos. Teve o seu surgimento em Luanda-Angola nos finais dos anos 90, aquele que anos depois se tornava no maior e mais conhecido estilo de música e dança do país teve como seus pioneiros Tony Amado,

Ler Mais

O RANGEL E O KUDURO

Por: Eronilde Bartolomeu Rangel, outrora município e agora distrito que constitui a área urbana da cidade de Luanda, capital de Angola, actualmente tem 6,2 km² e cerca de 260 mil habitantes. Limita-se a Oeste com o município da Ingombota, a Norte com o município do Sambizanga, a Este com o município do Cazenga e a

Ler Mais

Kuduro: Um breve olhar

Por: Sérgio Van-dúnem O kuduro é, sem dúvidas, o estilo mais angolano que existe. E é por este motivo que se tornou no ópio que corre nas veias de todo o povo Angolano. É incrível a forma como ele toca nas almas das pessoas (crianças, jovens e senhores) com um simples toque das músicas “lhe

Ler Mais

Ascensão de Orguita: Madoísmo, Revolução ou Badismo?

Badi Orguita, a mãe de todas as kuduristas, como ela mesma diz, é a nova sensação do mundo artístico em Angola. Surgiu do gueto, como grande parte dos kuduristas, e vem se afirmando no mercado nacional, com o seu “Vou te arcarcar”, que já faz furor nas pistas de dança.  O fenómeno despontou do “Rangu”

Ler Mais

O LEITE DA LATINHA

Há alguns anos, uma colega, professora na mesma escola onde eu leccionava, conversava comigo sobre como fazer com que a Tininha, sua filha de apenas três anos, bebesse leite. Vendo-a tão preocupada, resolvi ajudar e escrevi o seguinte conto para a minha amiga ler à sua filhota:            “Era uma vez um campo verde, verdinho,

Ler Mais

“A Representação da Mulher em “O Leito do Silêncio” de Isabel Ferreira”

Por: Domingas Monte RESUMO O presente artigo fala sobre a representação da mulher em “O Leito do Silêncio” de Isabel Ferreira. Pretendemos ao longo dessa abordagem, entender o pensamento e a escrita da autora sobre os vários assuntos que acontecem na sociedade angolana envolvendo as mulheres. O estudo pretende ainda descortinar o papel da mulher

Ler Mais

DIALOGISMOS EM “NGA MUTURI” DE ALFREDO TRONI

Por Joaquim Caundo INTRODUÇÃO Nga Muturi é a típica narrativa oitocentista Angolana, pois retrata inequivocamente e sem sombra de dúvidas a sociedade crioula na qual Luanda estava se transformando na época. Com os portugueses chegando cada vez mais aos milhares e consumando a sua ocupação, nessa que um dia viria a ser a capital do

Ler Mais

CANÇÃO E MEMÓRIA COLECTIVA: CASO DO GRUPO UNIÃO MUNDO DA ILHA

Por Domingas Monte O presente artigo pretende fazer uma abordagem sobre a canção carnavalesca em kimbundu, especificamente a canção entoada e dançada pelo grupo União Mundo da Ilha. A intenção é perceber até que ponto, essas canções podem e/ou representam parte da herança cultural das comunidades ambundu, ancorada na memória colectiva do seu povo.

4 de Janeiro de 1961: uma data inesquecível na memória dos Angolanos

Introdução             É nossa pretensão, com o presente trabalho, discorrermos sobre as causas que estiveram na base dos acontecimentos registados a 4 de Janeiro de 1961, na região da Baixa de Cassange, mas de forma detalhada.              Como o trabalho está dividido em duas partes, na primeira realizamos o que dissemos no princípio desse texto

Ler Mais

Alda Lara, a poetisa de Benguela

Falar de Alda Lara não seria complicado, se apenas lesse para vós alguma biografia pesquisada aqui e ali, na net principalmente. Mas entrar no seu mundo interior, na sua alma, através do estudo da sua obra é um pouco mais difícil. No entanto, aceitei o desafio lançado pela professora Domingas e, de uma forma muito

Ler Mais