A Imagem da Mulher (zungueira) na Música “Zungueira” do grupo Elenco da Paz

Por Caetano de Sousa João Cambambe A música (no caso concreto do kuduro), para além de ser uma arte, é – na nossa forma de ver – um instrumento de intervenção social muito poderoso. Por intermédio dela – ou dele –, muitos são (ou foram) os “mudos” que ganharam “voz” e hoje têm toda a

Ler Mais

O KUDURO E A MODA

Por: Rosa Camolaquenda Kuduro, o ritmo dançante que envolve Angola e arredores num clima de muito espetáculo e factos curiosos. Teve o seu surgimento em Luanda-Angola nos finais dos anos 90, aquele que anos depois se tornava no maior e mais conhecido estilo de música e dança do país teve como seus pioneiros Tony Amado,

Ler Mais

KUDURO: PROMISCUIDADE OU REVOLUÇÃO?

Por: Joaquim Caundo Todos sabemos que as melhores formas de revolução nascem nas ruas. É simples e lógico na medida em que são os suburbanos e residentes das periferias que sofrem na pele a discriminação e a marginalização constantes vindas das classes dominantes. Ao longo dos séculos, os povos oprimidos sempre encontraram na arte uma

Ler Mais

NE MBOMA, NE NKAYI YO NE NSESI; A JIBOIA, O VEADO E A GAZELA

NE MBOMA, NE NKAYI YO NE NSESI Ne Mboma yo Ne Nkayi yo Ne Nsesi, batunga vata dyawu.Ne Mboma wawu ka mona e nzala, wa yanda vavi madya mandi.Muna kwendela ye ntinu za saka, walanvula nti wafwa ye wabatakana kuna nsi a nti wawuna. Wawu kanwananga mukuki kula, Ne Kayi walwaka vana.Yandi mboma wavova vo:

Sarau Poético-Literário

A Associação “Mwelo Weto” realiza a 7ªedição do Sarau Poético-Literário Com Poesia, Música, Dança, Teatro e ‘Literatura’. Uma tarde recheada de Cultura. Um evento que terá lugar no dia 28 de Junho. Hora: 16h às 19h Local: Mediateca Zé Du (Cazenga) VAMOS CELEBRAR A CRIANÇA!!! Homenageando JONH BELLA, numa tarde cheia de surpresas. Não percam,

Ler Mais

O RANGEL E O KUDURO

Por: Eronilde Bartolomeu Rangel, outrora município e agora distrito que constitui a área urbana da cidade de Luanda, capital de Angola, actualmente tem 6,2 km² e cerca de 260 mil habitantes. Limita-se a Oeste com o município da Ingombota, a Norte com o município do Sambizanga, a Este com o município do Cazenga e a

Ler Mais

Kuduro: Um breve olhar

Por: Sérgio Van-dúnem O kuduro é, sem dúvidas, o estilo mais angolano que existe. E é por este motivo que se tornou no ópio que corre nas veias de todo o povo Angolano. É incrível a forma como ele toca nas almas das pessoas (crianças, jovens e senhores) com um simples toque das músicas “lhe

Ler Mais

Ascensão de Orguita: Madoísmo, Revolução ou Badismo?

Badi Orguita, a mãe de todas as kuduristas, como ela mesma diz, é a nova sensação do mundo artístico em Angola. Surgiu do gueto, como grande parte dos kuduristas, e vem se afirmando no mercado nacional, com o seu “Vou te arcarcar”, que já faz furor nas pistas de dança.  O fenómeno despontou do “Rangu”

Ler Mais

O LEITE DA LATINHA

Há alguns anos, uma colega, professora na mesma escola onde eu leccionava, conversava comigo sobre como fazer com que a Tininha, sua filha de apenas três anos, bebesse leite. Vendo-a tão preocupada, resolvi ajudar e escrevi o seguinte conto para a minha amiga ler à sua filhota:            “Era uma vez um campo verde, verdinho,

Ler Mais

“A Representação da Mulher em “O Leito do Silêncio” de Isabel Ferreira”

Por: Domingas Monte RESUMO O presente artigo fala sobre a representação da mulher em “O Leito do Silêncio” de Isabel Ferreira. Pretendemos ao longo dessa abordagem, entender o pensamento e a escrita da autora sobre os vários assuntos que acontecem na sociedade angolana envolvendo as mulheres. O estudo pretende ainda descortinar o papel da mulher

Ler Mais