Etiqueta: Domingas Monte

MWELO WETO HOMENAGEIA ANTÓNIO FONSECA

A associação Mwelo Weto homenageou ontem, em Luanda, na Mediateca Zé Du, do Município do Cazenga, o docente, escritor, ensaísta, jornalista, economista e homem de cultura ANTÓNIO FONSECA.   A Actividade decorreu no âmbito da realização mensal dos SARAUS POÉTICO-LITERÁRIOS facilitados pela mesma associação. Com uma vasta gama de experiências no mundo das artes e cultura,

Ler Mais

EXÍLIO E MEMÓRIA EM “JESUSALÉM” DE MIA COUTO

Por Domingas Monte[1] Os exilados estão separados das raízes, da terra natal, do passado. Em geral, não têm exércitos ou estados, embora estejam com frequência em busca deles. Portanto, eles sentem uma necessidade urgente de reconstituir as suas vidas rompidas e preferem ver a si mesmos como parte de uma ideologia triunfante ou de um

Ler Mais
Imagem

“A Canção Kongo e Ovimdundu – Tradições e Identidades”

57297741_2302105873190067_1316961058853748736_n

A associação Mwelo Weto (Nosso Portal) em parceria com o INICC (Instituto Nacional das Indústrias Culturais e Criativas), anunciam o lançamento do livro: “A Canção Kongo e Ovimbundu – Tradições e Identidades” da escritora e docente universitária Domingas Monte. A obra destina-se a estudantes, professores, investigadores e a todos os que se interessam pela ciência e pelo conhecimento.

“A canção, sobretudo em África, é um pedaço cultural por excelência. A canção, junção de múltiplos ingredientes (voz, letra, melodia, gesticulação, ritmo, instrumento, dança, etc.), pela participação e adesão que cria e impõe sem realmente impor, pode, com razão, ser considerada como um todo único, para além de riquíssimo. É uma das mais ricas manifestações

Ler Mais

CONVERSA COM ABREU PAXE – SARAU POÉTICO LITERÁRIO, 1.ª EDIÇÃO

“Bom, eu não olho para a literatura angolana entre antiga e moderna, não; não olho para esse lugar, porque para a minha compreensão hoje eu olho, ou seja, todos os fenómenos que acontecem na vida explicam-se na cultura, do mesmo modo a literatura explica-se na cultura. Entretanto, olhar para a literatura, seja ela um texto

Ler Mais
Imagem

CURSO DE LEITURA EM VOZ ALTA

48373709_517759512055842_147368939335188480_n

CURSO DE LEITURA EM VOZ ALTA

A Associação Mwelo Weto, em parceria com a Faculdade de Letras da Universidade Agostinho Neto, realiza de 08 a 31 de Janeiro de 2019, O CURSO DE LEITURA EM VOZ ALTA. O curso vai decorrer na Faculdade de Letras às terças e quintas em três horários; MANHÃ; das 8h00 às 11h00 TARDE; das 12h00 às

Ler Mais

A POÉTICA DE NETO: EM BUSCA DE UMA IDENTIDADE CULTURAL ANGOLANA

Por: Domingas Monte INTRODUÇÃO O contexto da criação poética de Agostinho Neto é de alienação identitária, cultural, económica e política, ou seja, o da colonização, imposta pelo expansionista português, daí a necessidade de um despertar para reivindicar os direitos autóctones e libertar, num primeiro plano as mentes alienadas e escravizadas; e num segundo plano lutar

Ler Mais

Sarau Poético-Literário

A Associação “Mwelo Weto” realiza a 7ªedição do Sarau Poético-Literário Com Poesia, Música, Dança, Teatro e ‘Literatura’. Uma tarde recheada de Cultura. Um evento que terá lugar no dia 28 de Junho. Hora: 16h às 19h Local: Mediateca Zé Du (Cazenga) VAMOS CELEBRAR A CRIANÇA!!! Homenageando JONH BELLA, numa tarde cheia de surpresas. Não percam,

Ler Mais

Ascensão de Orguita: Madoísmo, Revolução ou Badismo?

Badi Orguita, a mãe de todas as kuduristas, como ela mesma diz, é a nova sensação do mundo artístico em Angola. Surgiu do gueto, como grande parte dos kuduristas, e vem se afirmando no mercado nacional, com o seu “Vou te arcarcar”, que já faz furor nas pistas de dança.  O fenómeno despontou do “Rangu”

Ler Mais
%d bloggers like this: