Etiqueta: Isaac Jorge

A POLÍTICA DE NETO: Afirmação da construção de um Estado (Análise Literária do Discurso da Proclamação da República Popular de Angola – 11/11/1975)

Por: Isaac Jorge, Joaquim Caundo e Rosa Camolaquenda[1] INTRODUÇÃO A certos homens é-lhes incumbido não só o direito, como o dever passivo de velarem pelo bem comum, intrínseco a cada um de nós, desempenhando diversas funções para alcançarem tal fim. Como estipulou Maquiavel, “Tempos de guerra necessitam medidas extremas”, e estes momentos também requerem inevitavelmente

Ler Mais

CONVERSA COM ABREU PAXE – SARAU POÉTICO LITERÁRIO, 1.ª EDIÇÃO

“Bom, eu não olho para a literatura angolana entre antiga e moderna, não; não olho para esse lugar, porque para a minha compreensão hoje eu olho, ou seja, todos os fenómenos que acontecem na vida explicam-se na cultura, do mesmo modo a literatura explica-se na cultura. Entretanto, olhar para a literatura, seja ela um texto

Ler Mais