Etiqueta: literatura de Angola

Diyala Ni Muhatu: O Homem e a Mulher

Kwakexile diyala watungile ni muhatu we, kyoso kyavala mona mwene umujibha. Uhangele yu wakexile okubanga ithanga yoso. Kizuwa kimoxi muhatu wakexile kuxinganeka okwila ngendu fa se kuxisa mona. Wate ophangu yohaka ootwana twakexile kuvala moxi dya muxi. Dyala kyoso kyamwihula kwehi kuwatula otwana, mwene wakexile kutambwisa:             – Ngavala kambinda.

Muthu ni Dikixi – O Homem e o Monstro

Muthu ni Dikixi (Conto em Kimbundu)             Diyala dimoxi dyazwela kwamuhatu we okwila: – Twende kumakowe ami kulondekesa otwana twetu. Diyala wayi ni muhatu we ni twana. Kyatula mudyembu, kwakexile kya kuvunda. Mukisulukutu kweza dikixi dimoxi didyazwela kudyala: – Kota, ame na ngoya kukibuta kumoya.

Provérbios em Cokwe

Kawa ka muta yombo kwe ku Yumbo meza kafwa. Tradução: O cão que caça javali pelo javali será morto. Moral: tudo o que fazemos teremos salário. Hwuma lya mukulwana lya kutola vula. Tradução: A testa do mais velho impede a chuva. Moral: ao ir resolver um problema devem ir com um ancião. Waswama kexi Tradução:

Ler Mais

O GATO E O RATO

Era uma vez um gato que era amigo de um rato. Um dia, decidiram fazer uma viagem até ao lago Tanganica. Quando lá chegaram, o gato exclamou admirado: – Tanta água! Como é que vamos conseguir atravessar o lago? – Não te preocupes – sossegou-o o rato. – Podemos construir um barco. – Mas como?

Ler Mais

O ESCORPIÃO E A RÃ

Um dia, a floresta pegou fogo. E o fogo não tinha medo da cauda de um escorpião. E para os animais da floresta só havia um caminho para fugir da morte: era atravessando o rio, para o outro lado. Todos os bichos que sabiam nadar pulavam para água, levando os seus amigos nas costas. Mas

Ler Mais

O lugar dos ancestrais na cultura Kongo

Em África, a invocação dos espíritos faz parte de um conjunto de crenças ligadas diretamente a um estilo próprio enraizado num profundo comportamento mágico-religioso. O mundo é conectado com o além e vive sempre em sintonia com os seus antepassados através dos espíritos. A sociedade e a religião encontram-se centradas no homem, assegurando o seu

Ler Mais

Debatido em Luanda “O papel das Línguas e Literaturas em Línguas angolanas no processo actual do desenvolvimento do país”.

O Departamento de Línguas e Literaturas Africanas da Faculdade de Letras da Universidade Agostinho Neto, realizou no passado dia 25 de Outubro as jornadas científicas subordinadas ao tema: “O papel das Línguas e Literaturas em Línguas angolanas no processo actual do desenvolvimento do país” tendo como objectivos:

O Óbito do Vivo

Já decidi: Vou celebrar a festa do meu próprio óbito. Vocês vão me julgar de maluku, tarado, chalado, chafrado não-bate bem da cabeça. Mas não me interessa, pois eu penso, e se penso existo, e se existo logo vocês vão me falar. Na verdade, quem que é maluku, tarado, chalado, chafrado, sei lá mais que, é aquele quem que morre e não antecipa a festa do seu próprio óbito, aquele quem que não goza a sua

Ler Mais

A Canção em Kikongo

Uma canção é uma composição curta que combina uma melodia com uma letra. As canções também podem ser composições musicais sem letra, recebendo o nome de canção instrumental, como é o caso das canções em kikongo que geralmente são acompanhadas por instrumentos musicais, que lhes dão uma feição original e rítmica muito envolvente. A canção faz parte de um

Ler Mais