Etiqueta: literatura oral em kikongo

“A Canção Kongo e Ovimbundu – Atravessa o Atlântico e navega pelo Tejo e Douro”

Por Luísa Fresta Lisboa, 25-04-19 Nesta obra faz-se um estudo centrado em duas etnias em Angola, os Ovimbundu e os Bakongo, e perdoem-me qualquer imprecisão que a autora fará o favor de corrigir. São etnias que abrangem regiões diferentes de Angola e que no seu conjunto englobam cerca de 50% da população pelo que o

Ler Mais

Ku Kongo – No Kongo

Yeto ku Kongo twatuka Yeto ku Kongo twatuka Á yayi ngoma yisikidi kwa banswaswa Á yayi ngoma yisikidi kwa banswaswa Kunkyele é é kuma é é, kuyididi é é kuma é é Kunkyele é é kuma é é, kuyididi é é kuma é é

O lugar dos ancestrais na cultura Kongo

Em África, a invocação dos espíritos faz parte de um conjunto de crenças ligadas diretamente a um estilo próprio enraizado num profundo comportamento mágico-religioso. O mundo é conectado com o além e vive sempre em sintonia com os seus antepassados através dos espíritos. A sociedade e a religião encontram-se centradas no homem, assegurando o seu

Ler Mais

Os Bakongo e os ritos festivos

Não podemos estudar os ritos festivos sem antes nomeá-los, na medida do possível. Por isso, são ritos considerados festivos os seguintes: o nascimento o casamento, a circuncisão (masculina e feminina) e a colheita em algumas sociedades. Por cada um destes ritos, as canções a entoar diferem de um para o outro. Quando nasce alguém na

Ler Mais

A temática das canções funerárias na cultura kongo

As canções de ritos funerários geralmente abordam várias temáticas, onde a tristeza é o pano de fundo, havendo ocasiões de alegria em alguns casos. No entanto, para os bakongo, elas tomam um valor significativo por serem normalmente invocativas. Para os bakongo, os ritos funerários estão divididos em duas partes fundamentais segundo o defunto. Se for

Ler Mais

A temática das canções festivas na cultura kongo

As canções bakongo de festa, assentam a sua abordagem na recreação por carregarem sentidos vários, pese embora serem mais cómicas, satiricas, dramáticas e heroicas, onde as ações heroicas são cantadas em saudação ao seu autor, por ter saído vitorioso de uma situação, que se afigurava muito difícil. Por outro lado, as brincadeiras, as brigas, os

Ler Mais

Os Bakongo e os ritos funerários

Os ritos funerários têm normalmente uma duração predefinida, decidida em reunião breve, após a morte de alguém, pelos «mfumo a kanda»1 e variam entre os três (3) e cinco (5) dias. Nessa reunião também é decidido o dia do funeral e da resolução de todos os problemas, entretanto o óbito pode ser prolongado em função

Ler Mais

Breve abordagem sobre a literatura oral angolana

A literatura oral angolana é a representação fiel da alma do povo angolano que se espelha no seu modo de ser, de sentir, de agir e de estar. Com a oralidade preservam e conservam o seu passado, a sua cultura e todo o conhecimento que lhes foi legado pelos seus antepassados, condensado no tempo e

Ler Mais

A Canção em Kikongo

Uma canção é uma composição curta que combina uma melodia com uma letra. As canções também podem ser composições musicais sem letra, recebendo o nome de canção instrumental, como é o caso das canções em kikongo que geralmente são acompanhadas por instrumentos musicais, que lhes dão uma feição original e rítmica muito envolvente. A canção faz parte de um

Ler Mais